[bloqueador]Na tarde desta quarta-feira uma mulher procurou a Primeira central de policia judiciária relatando que mandou um e-mail para sua imobiliária e recebeu um boleto para pagar o aluguel conforme mais informações, o boleto continha os dados da mulher e da imobiliária, motivo pelo qual não desconfiou de nada e pagou a cobrança.

Depois de alguns dias a vítima foi cobrada pela imobiliária e ao conferir o que havia ocorrido descobriu que o e-mail cobrado era de um golpista.

O dinheiro da vítima foi para uma conta de outro estado. Provavelmente o computador da mulher possa estar infectado com algum vírus ou um programa malicioso que fez que ela recebesse um e-mail falso. A Polícia Civil está investigando o caso.[/bloqueador]

Compartilhar